In the middle of every difficulty lies opportunity.
-Albert Einstein

INFO CONTACTO

Email: luiscarlosrsousa@outlook.com

Email: info@luiscarlos.pt

Phone: +351 915 459 844

FOLLOW ME
ENQUADRAMENTO

No final do mês de Janeiro, os The Chemical Brothers lançaram uma nova música e videoclip com o nome Wide Open ft. Beck.
O video é uma completa obra de arte. The Mill foram a produtora escolhida para dar vida a esta obra, onde juntaram efeitos visuais de formas orgânicas e a dançarina Sonoya Mizuno, perfeitamente entrelaçados ao som da música. A dançarina foi digitalizada em 3D com um detalhe suberbo, criando o seu modelo 3D, como também o espaço onde o vídeo se encontra. Ao mesmo tempo, colocaram-se vários sensores no corpo da dançarina captado todos os ínfimos pormenores de toda a dança.
Depois deste processo, uma grande equipa dos The Mill trabalharam dia e noite até conseguir produzir o vídeo final, onde a Sonoya Mizuno se vai transformando pouco a pouco em estruturas orgânicas.

A PAIXÃO
Quando eu vi o videoclip, fiquei completamente apaixonado. Tanto pela música como também pela arte embebida no mesmo.
Estas estruturas orgânicas são bastantes conhecidas no mundo da impressão 3D, chamam-se diagramas de Voronoi. Como impressão 3D é uma das minhas maiores paixões, instantaneamente disse para mim: -Tenho que imprimir este modelo!
Passei cerca de 2 horas a pesquisar informações sobre este vídeo: como foi feito; será que o modelo está online.. Infelizmente não encontrei o modelo online.
Enquanto eu estava no site dos The Mill, sem-querer reparei em alguns email de contacto. Encontrei 3 emails diferentes, escrevi um email para todos a falar sobre a minha paixão da impressão 3D e o sonho que era imprimir o modelo em tamanho real. Sugeri imprimir o modelo e enviar-lhes para o seu estúdio, referindo que não queria algum valor monetário pelo trabalho, apenas desejando imprimir o modelo. Para mim, nem tudo se baseia em dinheiro, os meus hobbies são muitos e não faço questão de cobrar para fazer aquilo que me faz sentir bem.
Depois de enviar o email, pensei que nunca na vida me responderiam, afinal eu sou um simples mortal, e eles são a produtora dos The Chemical Brothers, e a própria banda em sí...
Cerca de 1 semana depois, recebi um email dos The Mill :D. No email disseram que tinham recebido o meu email e toda a gente de lá o tinha reencaminhado de várias fontes (acho que abusei na quantidade de emails de destino..), que acharam uma ideia genial e que adorariam que eu imprimisse o modelo em tamanho real. Fízemos uma reunião (eu no centro da mesa em alta voz e várias pessoas do The Mill, incluindo o diretor, à volta de numa mesa), discutímos todos os pormenores e rapidamente coloquei a minha impressora a imprimir!
Passado cerca de um mês, o modelo ficou pronto!

The Mill publicaram o processo todo no blog deles!

A Maker Faire Lisboa 2016 fez destaque a este projeto, como também a Revista Make.
1 MÊS DE IMPRESSÃO 3D
Pode parecer muito tempo, mas este tipo de estruturas são extremamente difíceis de imprimir. As impressoras 3D já são lentas por natureza, mas este tipo de estruturas é necessário limitar a velocidade ainda mais.
Para esta impressão, usei uma impressora VMAX 40 OpenSource da RepRapAlgarve. Uma impressora de grandes dimensões, 8x maior que a impressora tradicional no mercado.